4 thoughts on “Esta semana, carta à minha neta

  1. É exatamente isso que retenho na memória, mommy. Não me esqueço do facto de nunca me ter julgado ou criticado quando parei os estudos, mesmo sabendo que não era isso que ele queria, mas nunca comentou ou condenou a minha escolha. Mas sei o quão feliz ficou quando voltei para terminar a licenciatura, e ainda assim, fê-lo de forma muito amena e tranquila. Um verdadeiro sábio.

  2. Como já te disse,revivi tudo de novo. Foi uma sensação agridoce…
    Para mim,foi um pai que sempre me deu liberdade para escolher. Muitas vezes,deve ter discordado das minhas opcões,mas nunca me criticou. Fez exactamente o mesmo contigo,quando passou a ajudar-me na tua educação,depois da morte do teu pai.
    Bastava o exemplo dele,não precisava de nos impôr nada.
    Foi uma sorte,termos uma pessoa como ele,nas nossas vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *