3 thoughts on “Uma crónica muito especial

  1. Fico feliz por teres aproveitado essa oportunidade com o teu avô… mas aqui entre nós, ele já sabia o quanto significava para ti e quanto o valorizavas e amavas, mesmo antes da carta 😉

  2. Menos xixi na cama 😀 Libertas toxinas e faz bem à alma! Sei-o bem minha querida, e tenho certeza de que ela também o sabe e sente, enquanto olha por ti. Com o meu pai não tive essa oportunidade pois estava longe de imaginar que aconteceria tão cedo, mas julgo que com o meu avô limpei a alma, assegurando que não deixava nada por dizer, e ainda hoje me conforta saber que partiu consciente do que significava para mim. Kiss no coração.

  3. Já me fizeste chorar Sofia… e compreendo-te muito bem. Infelizmente já perdi a minha “maínha” e por muitos anos que passem todos os dias sinto falta dela e de lhe dizer o quanto a amo… Felizmente nunca me privei de o fazer… e quando ela partiu, esse arrependimento não foi um dos que me assombrou. Dizia-lhe muitas vezes, escrevia-o muitas vezes… e ainda hoje lhe sussurro um “amo-te muito maínha” de cada vez que lhe levo flores… Obrigada por partilhares este texto Sofia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *